• Renan Soares

Massacration: entrevista com Adriano Silva (Headmaster)


Quem assistia a MTV lá no início dos anos 2000 com certeza conhecia o programa de humor Hermes e Renato, que criou quadros, esquetes, personagens e memes os quais sobrevivem na internet até os dias de hoje, quase 20 anos depois.


E um dos quadros do programa era a banda fictícia Massacration, que satirizava as clássicas bandas de Heavy Metal dos anos 80. Uma brincadeira que começou a ficar séria, após o público curtir tanto as músicas a ponto do grupo lançar dois álbuns ("Gates of Metal Fried Chicken of Death" de 2005, e o "Good Blood Headbangers" de 2009) e fazer turnês pelo Brasil.


Atualmente, a banda está divulgando sua nova turnê pelo Brasil, que está ocorrendo entre os meses de outubro e novembro, podendo ter mais datas a serem confirmadas. Os próximos show serão nas cidades de Brasília (04/11), Goiânia (05/11), São Paulo (06/11) e Cariacica (12/11).


Para falar sobre essa tour, o humorista Adriano Silva, interprete do Headmaster (guitarra base), e conhecido por fazer o famoso personagem Joselito Sem Noção, deu entrevista para o Canal Bloody Mary.

Canal Bloody Mary: Qual o repertório que os fãs que irão aos próximos shows do Massacration podem esperar?


Adriano: É sempre uma incógnita, porque como a maior banda de Heavy Metal do universo eles também são uma incógnita. Pode ser que eles cheguem no camarim e resolvam tocar algum som clássico, ou tirar algum som clássico, mas os fãs podem ter certeza que serão sempre agraciados com o melhor do Heavy Metal que o Massacration pode entregar.


Canal Bloody Mary: A atual turnê tem se concentrado mais no sul do país, há datas sendo planejadas para o Norte e Nordeste?


Adriano: A nossa vontade com o tour do Massacration 2022/2023 é conseguir em um maior número de cidades, capitais, interior. Então a gente na verdade está esperando a possibilidade de fazer o Norte/Nordeste, que é um lugar que a gente sempre foi muito bem vindo, a recepção é sempre muito calorosa, então a gente sempre fica no aguardo de poder voltar, porque são lugares muito especiais de fazerem o show.


Canal Bloody Mary: Há alguma possibilidade do Massacration lançar álbum novo em breve?


Adriano: Sempre existe, mas acredito que no momento, como estamos prioridade para lançar singles, então não sei. Mas tudo pode acontecer, se tratando de Massacration, quem sabe a gente não se reúne nesse começo de ano e prepare alguns singles novos, junte todos eles e sai um novo disco. Tudo pode acontecer.


Canal Bloody Mary: Quando o Massacration era apenas um quadro do Hermes e Renato, na MTV, vocês imaginavam que a galera iria curtir a ponto da banda sair do programa e se tornar algo real, a ponto de se apresentarem sob o nome da banda mesmo quase 20 anos depois?


Adriano: Eu particularmente, quando lançamos o Massacration como um quadro no programa Hermes e Renato, a gente percebeu que ali tinha uma coisa interessante, que poderia ser explorado melhor, não só como uma esquete como nasceu dentro do programa. Não só o Massacration, como os outros projeto que fizemos, que tomaram vida própria em paralelo ao programa, a gente sempre viu um potencial e se dedicou, e botou energia para que aquilo tomasse uma proporção maior. E com o Massacration não foi diferente. Mas é meio presunçoso, a gente nunca fez isso na nossa carreira, tanto nas esquetes que lançamos a gente fez porque acreditava, e acredita, e acho que isso é o nosso pontapé inicial pra iniciar qualquer projeto, sem presunção de imaginar do que aquilo pode virar no futuro. Mas quando a gente lança e sente o retorno que aquilo está gerando, a gente consegue mensurar aquilo que pode acontecer, com o Massacration foi isso, a gente percebeu um potencial muito grande a ponto da gente se dedicar e produzir mais músicas, e videoclipes, para o projeto tomar vida própria. Então vivemos nesse paralelo entre Hermes e Renato, e Massacration.



Canal Bloody Mary: É verdade que o Detonator e o Bruno Sutter são as mesmas pessoas?


Adriano: Não, isso é um absurdo! Bruno Sutter é uma pessoa e Detonator é outra pessoa. Inclusive, eu particularmente nunca consegui encontrar os dois juntos, então também fico nessa dúvida. Mas Bruno Sutter é Bruno Sutter, e Detonator é um cara incomparável, uma entidade. Não existe isso de Bruno Sutter e Detonator.


Canal Bloody Mary: Qual o seu recado para os fãs que irão para os próximos shows?


Adriano: Meu recado para os fãs é que vocês são agraciados por poderem presenciar e estar no mesmo ambiente da maior banda de Heavy Metal do universo. Então lembrem-se disso, quando entrarem no local do show e presenciarem aquela banda ali no palco, vocês devem pelo menos tirar um minuto, olhar para o céu, e agradecer por estar vivendo esse momento de presenciar o Massacration no palco. E espero vê-los em breve pelos palcos do Brasil afora, para se divertir, e jogar a mão pro alto com a banda da galera.



aa43c293-5edd-4c6d-89ed-17bdf0b2ce2e.jpg