top of page
  • Foto do escritorMusicBomb Podcast

Resenha: Body Count - Bloodlust


Bloodlust é o sexto álbum do Body Count, "Sede de Sangue", em bom português. A banda conta com a lenda Ice T nos vocais e segue uma mistura de Rap e Metal, tendo como influências principais Slayer e Black Sabbath. Um som pesado, com pressão e extremamente contagiante.

Tratando majoritariamente de questões sociais e raciais, o álbum conta com a participação das lendas Dave Mustaine, Max Cavalera e Randy Blythe.


Uma das primeiras faixas a me chamar atenção foi This is Why We Ride, que fala sobre a violência nas ruas, tema que Ice T aborda desde o início de sua carreira.

Ela aborda o problema das drogas, das gangues e da violência policial dentro dos Ghettos. Esse é o motivo pelo qual ainda seguimos lutando, para que tudo isso tenha um fim. A música é dedicada para todos que já perderam alguém por violência policial.


No Lives Matters foi feita dentro do contexto das manifestações do movimento Black Lives Matter que ocorreram na época em que o álbum foi lançado.

Na música Ice T fala sobre como a oposição racista tenta diluir o problema ao alegar que todas as vidas importam. Ele explica que na verdade, quando se trata de pobres, nenhuma vida importa. Ice T conta que infelizmente a pele morena e negra sempre esteve diretamente ligada à pobreza e que você dificilmente verá um policial tirar um homem branco de seu carro à força pois teme que o mesmo tenha dinheiro e acesso a advogados.


Outra de minhas favoritas é Black Hoodie, uma baita pedrada. Ela fala sobre o caso do assassinato de Trayvon Martin, em 2012, que foi alvejado pelo segurança George Zimmerman, crime que teve como principal motivação o racismo.

Em solidariedade, milhões de pessoas pelo mundo protestaram vestindo um capuz preto, muito usado pela vítima. Zimmerman segue inocentado, tendo alegado legítima defesa na época do crime.


Lançado em 2017, Bloodlust é um grande álbum de uma grande banda, abordando temas essenciais, aliado a uma sonoridade impecável.



Comments


bottom of page