top of page
  • Foto do escritorMari Goé

Resenha: Soulsad – “Doomed To Funerals”


Soulsad é um dos nomes da vertente mais densa e melancólica do metal, o doom metal! Surgida em 2003 tocando covers dos maiores clássicos do gênero, a banda teve um hiato em 2009, e retornou em 2018 com músicas autorais e que logo fariam parte do primeiro EP “Two Funerals”!


No ano seguinte, a banda surpreende o público com mais um single, o "Doomed to Failure", e selam o ano com sua grandiosa participação no tributo brasileiro ao My Dying Bride, ícones do doom metal mundial. E em 2021, “Last Breath” é lançado, um single que contou com a participação de Deborah Moraes nos vocais e Rey Malli no violão e percussão.


Visando unir todos os lançamentos do Soulsad com uma nova remasterização, o EP “Doomed To Funeral” foi lançado em versão física, uma compilação caprichada e lançada nacionalmente pela Black Hearts Records.


“My Fallen Garden” é uma faixa instrumental e é daqueles sons que vêm numa crescente, com solos de guitarra simples mas que gravam facilmente na cabeça do ouvinte. “Funeral One: Father” é agonia pura, com trabalhos vocais desde o limpo até o gutural, bem balanceados nas várias passagens da música.


“Funeral Two: Mother” é mais pesada, mais densa que a anterior, tem uma espécie de coro na metade da música que deu um toque arrepiante para a faixa, que á mais longa do registro, com 13 minutos de duração e uma passagem muito bonita no final, onde o teclado e as guitarras tomam conta da música e dão mais intensidade á ela.


“Doomed To Failure” e “Last Breath” mostram mais maturidade e confiança da banda, com vocais mais caprichados e um instrumental com mais camadas e riffs mais complexos. Um destaque especial para “Last Breath”, que teve Deborah Moraes nos vocais e o músico Rey Malli no violão e percussão o que deu um tom mais melódico e levemente medieval para a música.


“The Dreadful Hours” é um tributo ao My Dying Bride, e não poderia ter sido feita com mais carinho do que foi, é um presente para os fãs do “rock triste”!


Para finalizar, “Doomed To Funerals” foi feito com carinho e luta, e mostra a evolução e maturidade do Soulsad, num registro que além de ser apenas um compilado com os lançamentos da banda, mostra também onde a banda pretende chegar!

Comments


bottom of page