• Pedro Nogueira

Voices From The Dark: #5 Antropomorphia-Necromantic Love Songs



No Voices From The Dark dessa semana vamos falar de uma banda que é criminalmente ignorada no cenário do metal extremo, Antropomorphia, grupo fundado no final da década de ’80 na Holanda, apesar de boa parte da discografia ter sido lançada pós 2010, nos anos 90 a foi lançado o “Necromantic Love Songs”, que foi a estreia da banda no cenário underground.

Necromantic Love Songs, foi lançado em 1993, mas em 2011 foi re-lançado como uma coletânea contendo faixas da demo “Bowel Mutilation”, nessa resenha irei apenas focar nas faixas que foram lançadas na versão de ’93.

Esse é aquele tipo de lançamento que te surpreende e que te deixa “uau, mas o que foi isso?!” quando termina, apesar da produção baixa, os instrumentos são todos audíveis, porém dá para perceber que a mixagem do álbum é um pouco precária. Só que isso não atrapalha na incrível experiência que é ouvir Necromantic Love Songs. Todas as faixas misturam 3 gêneros do death metal, o tradicional, doom e até mesmo o melódico, e algumas faixas ainda trazem elementos groovados e de thrash metal, e isso acaba deixando o gostinho de quero mais.

Não tem como deixar de destacar o trabalho feito pelo Marc Van Stiphout na linha do baixo totalmente trabalhada e com puro feeling, o destaque disso é faixa “ The Carnal Pit”.

Necromantic Love Songs é uma perola do Death Metal, que infelizmente é subestimada e ignorada, os fãs que nunca ouviram irão ficar surpresos como esse álbum pode ter sido ignorado por tanto tempo.



Tracklist:

1-Crack The Casket

2-The Carnal Pit

3-Birth Through Dead

4-Chunks Of Meat

5-Rotted Flesh

6 Outro


Banda:

Marc Van Stiphout-Baixo

Marco Stubbe-Bateria

Ferry Damen-Vocal e Guitarra

Vincent Van Boxtel-Guitarra

aa43c293-5edd-4c6d-89ed-17bdf0b2ce2e.jpg