top of page
  • Foto do escritorMari Goé

Top 10 lançamentos de rock e metal, parte #16

O Top 10 lançamentos de rock e metal desta semana traz uma ampla gama de vertentes do metal e artistas de diversas nacionalidades. Com lançamentos de Israel, Suíça, Alemanha, Emirados Árabes e Austrália, as dicas de hoje agradam fãs do metal progressivo, "hight-tech metal", new-wave, folk rock e garage punk!


Cypher - Vacuous Beings

Cypher é uma banda de metal progressivo dos Emirados Árabes Unidos. Suas principais influências vêm de nomes como The Prog Era e Djent Reign, - influências de Black Metal e Death Metal.

Lançado em 14 de setembro, “Vacuous Beings” é uma interpretação do que nós, como indivíduos, passamos todos os dias de nossas vidas sem perceber o quão mundano e monótono isso se torna. O significado vazio de “Ininteligível” é suficiente para compreender as implicações da história desta música.

“Vacuous Beings” investiga as complexidades da natureza tóxica dos humanos em grupo, a necessidade de se sentirem amados e ao mesmo tempo serem normais na sociedade sem as queixas de terem que lidar com quaisquer mudanças em suas vidas.

Gil Meyuhas - "All At Once"

O artista e multi-instrumentista israelense Gil Meyuhas conquistou o cenário musical com o lançamento de seu aguardado álbum de estreia, “All At Once”. O álbum, uma fusão brilhante de letras em inglês e hebraico, abrange 11 faixas e uma variedade de gêneros musicais, mostrando a excepcional versatilidade de Meyuhas como compositor, músico e produtor.

Lançado em 17 de setembro de 2023, “All At Once” é uma prova do talento extraordinário de Gil Meyuhas. Vindo de Jerusalém, Meyuhas escreveu, gravou e produziu o álbum inteiro, demonstrando sua notável habilidade como uma verdadeira potência musical de um homem só.

Os ouvintes embarcarão em uma jornada musical como nenhuma outra, já que "All At Once" navega perfeitamente por vários gêneros, desde baladas de rock israelenses sinceras até as complexidades da música oriental progressiva e até mesmo o death metal descolado.


SC:AVENGER - "Among Us"

Os metaleiros de ficção científica SC:AVENGER lançam o vídeo da sequência de “The Oncoming Storm”, seu single anterior. O novo clipe acontece uma semana após o incidente e é chamado de "Among Us".

SC:AVENGER é uma banda sueca de música brutal; uma banda de metal de ficção científica de alta tecnologia que prevê o futuro através de seus manifestos sonoros.



LongRoad - "Faith In The Greater Things?"

Depois de um pequeno hiato, a LongRoad está de volta e gravou seu segundo álbum de estúdio, "Faith in Greater Things?". O álbum foi lançado em 15 de setembro nas plataformas digitais, e teve como produtor Barrett Jones (Nirvana, Pearl Jam e Foo Fighters), responsável pela produção, mixagem, masterização e certamente entregou para a banda um registro impecável, com solos intensos e melodias marcantes.

Greg's Electric Song Salad - "Forgive Me Back!" e "Funky Monkie"

O novo lançamento da Greg’s Electric Song Salad, "Forgive Me Back" mantém a tradição de todos os grandes compositores/guitarristas americanos. Essa tradição garante que o toque magistral do violão complemente a história contada pelas letras. Cada um depende do outro. Esta música incrível aborda um assunto que todos relutamos em discutir, mas que atinge o coração de todos em algum momento da vida. Estamos falando sobre a vergonha da infidelidade, o arrependimento doloroso e, talvez e mais importante, a esperança do perdão.


Outro single recém-lançado é "Funky Monkie", uma música altamente energética e cativante, com uma melodia e letra que ressoam em sua cabeça desde o primeiro play. Ouça aqui: https://open.spotify.com/album/7CIamXTYbbg9ZB60kraaZH

The Lovelines - "What Kind of Fool Would Want to Fall in Love?”

THE LOVELINES é uma banda internacional de Berlin e Orlando. A banda é composta pelos irmãos Tessa D, a vocalista da banda, e seu irmão Todd Goings, o compositor/

e instrumentista da banda.

O novo single “What Kind of Fool Would Want to Fall in Love?” foi lançado em 19 de setembro, e é um retrato do ‘tolo apaixonado’... o amor é uma tolice, mas essa tolice é adorável.

O The Lovelines irá lançar um LP autointitulado, com seus singles sendo lançados separadamente, e planejam lançar o LP completo até o dia 01/01/24.

Jeremy Serwer - "Lesser Humans"

Jeremy Serwer lançou seu 8º disco de estúdio, Lesser Humans, no dia 15 de setembro. O compositor veterano de São Francisco/EUA trabalhou continuamente por 10 meses criando/produzindo este disco. Dez músicas de grande peso musical e emocional.

Produzido no coração de São Francisco, dentro do Etruria Studio, este coquetel musical oferece uma mistura selvagem de sabores – do Psych Folk Rock ao Retro Soul, Garage Rock, Gristly Americana e até mesmo uma pitada de Punk off-road! Mas é mais do que apenas música! Ele investiga questões contemporâneas, explora cenários políticos e sociais e compartilha histórias íntimas sobre o amor pelos filmes de terror, os mistérios da noite e nossas batalhas contra demônios pessoais durante as horas tranquilas.

Voice Of Ruin - "I - The Vile King"

Com lançamento previsto para o dia 1 de dezembro, "Cold Epiphany" é o quarto álbum de estúdio da banda suíça de metal Voice Of Ruin!

"I - The Vile King" é um dos singles do álbum e foi lançado com um clipe de alta produção, destaque para os vocais brutais e linhas de baixo estrondosas!


Didactic - "The Wrath"

Didactic é uma banda de heavy metal/hardcore de Melbourne, Austrália. Inspirando-se em bandas como Kublai Khan, Parkway Drive e Tool, o som do Didactic é uma fusão de metal e hardcore, caracterizado por riffs poderosos, lirismo proposital e vocais agressivos.

As faixas de Didactic abordam temas como mudanças climáticas, doenças mentais e polarização, refletindo a profunda paixão da banda em abordar questões sociais por meio de sua música.

"The Wrath" é um dos singles presentes no EP "Dogma", o segundo registro da banda!


Aldo Buzzi - "Cubism & Music"

Aldo Buzzi já existe há algum tempo no cenário musical e artístico da cidade de Nova York e arredores, tocando nos primórdios da cena Punk e New Wave em clubes da cidade como Mudd Club, Interferon, Earths End, The Peppermint Lounge, entre muitos outros locais famosos da época. Duas bandas distintas que Aldo formou e tocou foram, The Lampshades e Vinyl Flesh. Muitas influências ao longo dos anos impulsionaram a música em tantas direções que expandiram o valor artístico de Aldo e a criatividade de sua música. Saindo de cena no final dos anos 90 e início dos anos 2000 – e você pode imaginar por quê. Nos últimos 10 anos, Aldo totalmente solo recuperou seu ímpeto, criatividade e Mojo – a música tornou-se divertida e emocionante mais uma vez.

"Cubism & Music" é o seu mais novo álbum, já disponível nas plataformas digitais!




Comments


bottom of page