top of page
  • Foto do escritorMari Goé

Os Roucos: Trio esbanja identidade no álbum de estreia “Movimento Contínuo”

Os Roucos, trio formado em meados de 2020 por Noel Rouco (guitarra e voz), Rodrigo Luminatti (baixo e voz) e Guto Gonzalez (bateria), lançou nesta quinta-feira (6) o álbum de estreia “Movimento Contínuo”.

Com 12 faixas, o disco mescla de maneira coesa e com identidade própria, as diversas influências musicais da banda. “Tem músicas com uma pegada mais pós punk, como ‘Movimento Contínuo’, outras com o pé no Ska (‘Pista de dança’, ‘Dúvidas’), outras que trazem influência do rock independente alternativo brasileiro dos anos 2000, como ‘Augustão’. Tem referência ao indie pop/pesado dos anos 90 (‘Cat In The Window’), e um rock que flerta com os anos 60 (‘Mantra dos Roucos’). E claro, sempre com uma pitada de punk rock permeando as músicas (‘Saída de Emergência’, ‘O Que me Importa’)”, afirma o guitarrista Noel Rouco.


“Movimento Contínuo” foi gravado no estúdio “Canto da Coruja”, em Piracaia, São Paulo, com produção do também baterista, Guto Gonzalez. “Acredito que temos aqui um disco com uma sonoridade crua e que reflete bem a pegada da banda, Power trio de pressão. As composições levam um rock divertido, no sentido de sentir a música, e acredito que esse seja a maior característica desta banda e do disco”, revela Gonzalez.


Fonte: Farol Music

Comments


bottom of page