top of page
  • Foto do escritorMari Goé

Napalm Cobras em seu mais novo videoclipe


"Parei de beber…socialmente" é uma das faixas do EP "Homens brancos de terno", lançado em maio de 2023. O EP conta com 5 faixas que mesclam a acidez das letras e a rapidez do metal e do punk. Formado atualmente por Lucas Chavo (bateria), Uander Trajano (baixo/vocal), Luiz "Gringo" Bueno (guitarra). O trio vem trabalhando cada vez mais pra ecoar o som da banda pelo Brasil. A produção do clipe ficou a cargo do Encontra Cena e teve edição/câmera de Wanderson Leandro. O clipe é uma crítica a situação atual do Brasil e expõe as mazelas do cotidiano do cidadão na atualidade. Letra: O Brasil é uma merda eu já não aguento mais Com tantos problemas quando nós teremos paz Cada dia uma desgraça, sem nada que nos ajude Sem futuro, sem esperança que alguma coisa mude Já tentei terapia, tarja preta todo dia Tentei algumas drogas mas nada me satisfaz Me disseram pra parar Que prejudica muita gente Mas pra fugir da realidade Parei de beber socialmente Um pouco mais sobre a banda: A Napalm Cobras é uma banda de Speedrock fundada em 2021 em Belo Horizonte, Minas Gerais, formada por Uander Trajano (Drunk Demons, Evil Matchers) nos vocais e no baixo, Luiz "Gringo" Bueno (Evil Matchers, Bando Selvagem, Crackodiles, Dead Goblins) na guitarra e voz; e Lucas Chavo (Evil Idols, Estática) na bateria. Com influências do Metal e do Punk, a banda apresenta uma sonoridade única e intensa que vão desde o cinismo do Crust até a melodia do Blues. No final de 2022, a Napalm Cobras gravou o seu primeiro EP, intitulado "Homens Brancos de Terno", no Estúdio Moai em Belo Horizonte, sob a supervisão de Fabricio Borges e Débora Coimbra. A mixagem ficou por conta do Felipe Sad, enquanto a masterização foi realizada por Joona Lukala, no estúdio Noise for Fiction em Tuulissuo, Lieto, na Finlândia. O EP conta com letras que abordam temas como indignação, sede do desconhecido e até mesmo uma balada ríspida, que fazem parte de sua lírica. As canções soam como um alerta em meio ao caos que vivemos, como um suspiro de ansiedade pelo inesperado ou a ânsia de viver um pouco mais de perigo. A Napalm Cobras estreou nos palcos de Belo Horizonte, nas tradicionais casas de show como A Obra e a Casa Matriz. Agora, a banda tem shows marcados em São Paulo e planeja se apresentar em diversas cidades pelo Brasil, divulgando o seu trabalho e levando a sua mensagem nas suas letras explosivas e provocativas.


Comments


bottom of page