top of page
  • Foto do escritorMari Goé

Gueppardo lança novo álbum, 'Power Lines'

Disponível nas plataformas de streaming, "Power Lines" terá a versão física lançada em setembro pela Classic Metal Records

Crédito: Marcelo Costa

A banda gaúcha Gueppardo apresenta "Power Lines", quarto álbum de sua discografia e que já está disponível nas plataformas de streaming. Com capa a cargo do renomado artista paranaense Jean Michel (Metal Church, Queensrÿche, Lynch Mob, Vixen), o material foi gravado no estúdio Hurricane, tendo produção de Sebastian Carsin e Perÿ Rodriguez. Thiago Gutierres (vocal, baixo e teclado), Perÿ Rodriguez (guitarra e teclado) e Diego Pereira (bateria) focam as composições do novo trabalho no heavy metal tradicional, mas que flerta com o hard rock em alguns momentos, trazendo uma temática voltada para temas sociais, guerras, realidade atual, futura e distópica. "Com influências de Dio, Rata Blanca, Yngwie Malmsteen e Michael Schenker, 'Power Lines' é a nova cara do Gueppardo, que vem mais rápido e denso, mas mantendo a sonoridade oitentista", descreve Perÿ Rodriguez.


O álbum foi antecipado com o single e clipe de "Another Rebel Down", captado em meio a aviões e helicópteros esquecidos, num cenário pós-apocalíptico. "A letra fala de opressão, mas que podemos nos rebelar, lutar sempre e mesmo perdendo companheiros pelo caminho a única saída é seguir em frente. No meio do caos e da guerra, perdemos companheiros, mas isso não deterá o avanço da nossa luta. Podem derrubar um, mas outros se erguerão e a voz da liberdade nunca será silenciada", explica o guitarrista. "A faixa-título também segue um cenário pós-guerra e em algum futuro possível, falando sobre pessoas lutando pela sobrevivência, o inverno nuclear e a fome, mas sob o lema de nunca desistir", acrescenta.


Confira o clipe de "Another Rebel", produzido pela Sasquatt Filmes, em

O repertório de "Power Lines" abre com "Dare to Live", que fala da necessidade e coragem para viver e encarar os problemas de frente. "A faixa de abertura traz uma mensagem de esperança e luta, com forte influência de Rata Blanca", revela Rodriguez.


Já a faixa "Blind Faith" ataca o fanatismo religioso. "Com forte influência de Dio e um solo longo e dramático, 'Blind Faith' fala sobre onde pode chegar o fanatismo religioso: guerras, retrocesso e ignorância. Porém, você pode tirar a venda dos olhos", observa o guitarrista.


Em "Invisible Chains", a letra destaca que não somos apenas números. "É uma analogia às correntes invisíveis do controle social e da manipulação em massa mas, novamente, podemos lutar, nos unir e não aceitar. Ainda nesse sentido, a faixa 'Under the Curtain' fala que por trás da cortina ou por baixo dos panos, o jogo político sujo e desleal esmaga e oprime as classes menos favorecidas. O disco encerra com a mensagem de que podemos não aceitar, pois temos direito a uma vida minimamente digna", conclui Rodriguez.


"Power Lines" - Repertório:

1. Dare To Live

2. Power Lines

3. Sands of Destiny

4. In the Shadows of the Night

5. Interlude

6. Farewell

7. Blind Faith

8. Invisible Chains

9. Another Rebel Down

10. Under the Curtain


Ouça nas plataformas de streaming em https://tratore.ffm.to/powerlines


Discografia:

Instinto Animal (EP, 2009)

Fronteira Final (2015)

Execução Sumária (2019)

I Am The Law (2021)

Power Lines (2023)


Contatos:

Instagram: @gueppardoofficial


Fonte: ASE Music

Comments


bottom of page