• Agência 1a1

Corja!: entrevista com um dos grandes expoentes do metal nordestino



Corja!, do Ceará, considerado um dos destaques do metal nordestino da atualidade e encabeçado pela marcante performance e vocal gutural da vocalista Haru Cage, lançou no ano passado o disco de estreia da banda intitulado Insulto. Completam a formação da banda David Barroso (guitarra), Pedro Felipe (baixo) e Silvio Romero (bateria).


Confira abaixo um breve bate-papo que tivemos com a banda.


- A banda retornou aos palcos no final de 2021, com alguns shows de lançamento do álbum "Insulto" e já anunciou mais algumas datas em Fortaleza, como grandes nomes para 2022. Como está a agenda da banda? Teremos uma turnê nacional?

CORJA – Olá, obrigada pelo espaço mais uma vez. Sobre turnê nacional queremos muito fazer, até pensamos na nordestina e seria maravilhoso, mas desejamos muito rodar por esse Brasil! Recentemente tocamos com Belphegor, Krisiun, Crypta e Nervochao, foi um show insano!


Para saber mais sobre a nossa agenda é só ficar de olho no nosso Instagram: @corjametal.


- O álbum "Insulto" foi considerado um dos melhores lançamentos de 2021 por vários portais especializados em música extrema. Como foi para vocês ter esse reconhecimento?

CORJA - Ficamos surpresos! É nosso primeiro álbum e ter essa receptividade, ser acolhido desse jeito é incrível! Faz todo o esforço de todos esses anos valer mais que a pena. Nos trouxe mais vontade de tocar e fazer novos sons.



- A banda tem se destacado no cenário nacional como uma das grandes revelações por sua autenticidade sonora. Como vocês definem o gênero musical que tocam?

CORJA - A gente escuta de tudo, fizemos os sons bem organicamente, não pensamos muito em estilo, queríamos colocar nas músicas as nossas influências e só depois dessa mistura ficar pronta que chegamos ao entendimento que era “metal crossover”.


- Para muitos, o primeiro contato com a banda foi a partir da apresentação no Canal Scena. Como foi participar do programa e qual é a importância da mídia independente para o underground brasileiro?

CORJA - Participar do Scena foi a realização de um sonho, no começo da banda idealizamos gravar algo no Family Mob, imaginamos gravar alguma música ou ep, mas não um programa, ainda mais o Scena! E já estamos colhendo frutos da participação no programa, já tivemos contatos de shows de pessoas que assistiram ao programa. É essencial todo o apoio que a mídia independente dá as bandas underground, eu mesma já conheci muitas bandas através de entrevistas e lives justamente da mídia independente e a nossa música vai cada vez mais longes graças a essas pessoas, e já deixo aqui meus agradecimentos.



Podemos esperar um novo álbum para 2022?

CORJA - Ainda não conversamos profundamente sobre isso, mas posso adiantar que já estamos trabalhando em músicas novas, provavelmente sairá um EP.


aa43c293-5edd-4c6d-89ed-17bdf0b2ce2e.jpg